MACHADO DE ASSIS

 

 

Joaquim Maria Machado de Assis nasceu a 21 de junho de 1839, no Morro do Livramento, Rio de Janeiro. Filho de pai brasileiro e de mãe portuguesa, Machado estudou por pouco tempo. Quando ainda jovem frequentou a tipografia de Paulo Brito, onde teve o poema Ela publicado na revista Marmota Fluminense. Nos anos seguintes trabalhou como tipógrafo e revisor de texto.

Em 1869, casou-se com a portuguesa Carolina Xavier de Novais. Quatro anos depois é nomeado primeiro oficial da Secretaria de Estado do Ministério da Agricultura, Comércio e Obras Públicas e, em 1897, Machado é eleito presidente da Academia Brasileira de Letras.

Com o falecimento de sua esposa, Machado pouco saía de casa e teve a saúde agravada devido à epilepsia, problemas nervosos e gaguez. Machado de Assis faleceu em sua casa, no dia 29 de setembro de 1908.

A obra de Machado pode ser dividida em duas fases: romântica, pelo fato de o autor ter mantido as características e padrões da escola vigente da época; e a segunda, realista, por apresentar em sua obra uma linguagem mais apurada, rimada e clássica.

                                               LIVROS DO AUTOR